Professora emagrece e surpreende a todos!

Nos últimos 2 anos, a vida de Juliana Oliva, de 35 anos, mudou inteiramente. A mulher com baixa altivez se transformou em uma indivíduo sarada, animado e que sonha ser fisiculturista. A alomorfia, que lhe rendeu um corpo 35kg mais magro, se deu em seguida que a mestra universitária ouviu duras palavras de um ex-namorado.

– O começo resultou em 2013, no dia 8 de agosto. Eu namorava um rapaz já havia 3 anos e ele me chamava de autômato da Michelin, aquele dos pneus. Pela certa vez, ele foi mudar férias na Europa e me ligou dizendo que, lá, as mulheres eram lindas e não pareciam em nada comigo. Na momento no qual ele me falou isto, eu desliguei o telefone e tirei uma foto do meu anverso. Eu não tirava fotos de mim mesma fazia tempo. Comecei a afligir-se, visto que eu aparecia com o anverso bastante balofo, uma papada amplo e a aparência entristecida – lembra a moradora de São Paulo: – Na data, foi bastante adverso, porém hoje eu agradeço a ele. Daquele dia em perante, de modo algum mais parei.

Qual é a melhor dieta?

Conheci a Dukan por intermédio de uma mestra lá da aptidão. Por ser bastante restritiva, não me dei bastante bem com a regime, me sentia mal. Por isso comecei a estudar reeducação alimentar. Comprava livros sobre alimentação e pedagogia física e aplicava o que aprendia em mim. No momento em que você reeduca sua refeição, sabendo alimentar-se direitinho, você possui seus prêmios e, de vez em no momento em que, pode abalar da regime visto que possui uma vida regrada e não se prejudica com uma desvio. Hoje, como frutas, coisa que na Dukan não podia, além de carboidratos de baixo índice glicêmico, como batata-doce, inhame e macaxeira no lugar do arroz e da batata comum. Às vezes, como um macarrão integral e uso proteínas em todas as refeições. São seis ou sete por dia, de 3 em 3 horas. Já me acostumei a ficar sem fastfood, gelado e açúcares. Também comecei a fazer o tratamento com o Quitoplan para acelerar a queima de gordura.

No início, foi complicado, uma vez que tinha desejo de alimentar-se e chorava. Eu era uma gordinha que comia absconso e dizia que não comia. Faço musculação de domingo a domingo, 40 minutos por dia. Já perdi todo o peso que ganhei no passado. Agora, a minha objetivo é eliminar mais quatro ou cinco quilos de gordura para ficar pronta para brigar e, evidente, conseguir um advocacia – almeja a mestra. Ela não sabe ao certamente no momento em que começou a realizar sucesso nas redes sociais e diz que tudo resultou aos poucos. O feito é que, hoje, a mestra de Dialeto Portuguesa e acadêmico de Didactologia Bruna Christino Acervo, 25 anos, é uma informações na internet na batalha em oposição a a obesidade. Em seu perfil no Instagram, já soma 68,7 mil seguidores.

Sucesso nas redes sociais

Na passagem no Facebook, 7.279 curtidas. No canal no YouTube, 1.715 inscritos. Nas 3 plataformas, ela conta como emagreceu e acontece dicas para as pessoas que deseja perder calorias. — Eu não abro mão de ser feliz. Não faço da minha reeducação alimentar uma tortura. Necessário entender a momento no qual tenho de descansar, alimentar-se um bolo no momento em que estou com desejo — explica. A mestra mora em Praia Grande, no areal de São Paulo. Na tarde desta quinta-feira, a depoimento ao Agenda Gaúcho por WhatsApp foi mais uma das ações que ela abrange todos os dias. Para agir aos seguidores que mandam mensagens, Bruna protege empenhar “bastante tempo da vida”: mais de seis horas por dia — e lamenta não conseguir agir a todos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *